O Dieta Alimentar preveligia a reeducação alimentar e a alimentação saudável.
Confira: como perder peso, como emagrecer rapido, como perder barriga, dietas saudáveis, dieta para emagrecer, dieta para engordar, alimentos saudáveis e dicas.





Alimentos saudáveis: Melancia

alimentos-saudaveis-melancia
Coma melancia, ela ajuda a melhorar a pressão arterial

A melancia é um alimento saudável que deve fazer parte de uma dieta alimentar equilibrada e saudável.
A melancia é uma fruta rica em nutrientes e pobre em calorias o que faz dela um excelente alimento para dietas de emagrecimento. A melancia tem uma grande percentagem de água o que a torna num excelente alimento para hidratar o organismo. Além destas qualidades todas a melancia proporciona ainda importantes benefícios para a saúde do ser humano como por exemplo ajudar a combater os níveis elevados de colesterol e ajudar a prevenir e a combater certo tipo de cancros/câncer.
Confira aqui os benefícios da melancia:
- 10 Benefícios da melancia para a saúde

Um dos benefícios da melancia é ajudar a regular a pressão arterial, confira aqui um vídeo que fala precisamente sobre a melancia versus pressão arterial:




Artigos que podem interessar sobre a melancia:
Calorias da melancia e outros frutos
10 Benefícios da melancia para a saúde
Faca especial para cortar melancia
Fazer arte com uma melancia | vídeo |
Créditos do artigo "Alimentos saudáveis = Melancia":
Imagem: revista Santé Naturelle.
Vídeo: Youtube, canal do Dieta Alimentar.

10 Alimentos para o cérebro

alimentos-para-o-cerebro
Alimentos bons para o cérebro
Alimentos bons para a memória

Segundo um artigo publicado pela CNN, assim como uma dieta alimentar com determinados alimentos pode ajudar a prevenir doenças cardíacas, hipertensão ou mesmo câncer/cancro, certos "alimentos bons para o cérebro" também podem ajudar a reforçar e a preservar a nossa saúde mental.
Embora não exista nenhum tratamento para curar a doença de Alzheimer (demência), existem alimentos que desempenham um papel positivo na saúde mental em geral e como tal tais "alimentos para o cérebro" devem ser incluidos na nossa dieta alimentar diária para que o nosso organismo possa "alimentar saudavelmente o cérebro" e assim preservarmos a nossa atividade intelectual (memória e concentração).



Verá que os "alimentos bons para o cérebro" são alimentos saudáveis que além de ajudarem a preservar a nossa saúde mental também proporcionam outros benefícios para a saúde em geral.
E antes de conhecer quais são os alimentos bons para o cérebro, confira também:
- 10 Alimentos saudáveis

10 Alimentos bons para o cérebro | 10 Alimentos bons para a memória:
Alimentos apresentados seguindo a sequência apresentada no artigo da CNN.

1) Amoras

2) Café
Sobre o café, confira:
Benefícios do café
Calorias do café

3) Maçã
Sobre as maçãs, confira:
Os benefícios da maçã para a saúde

4) Chocolate

5) Canela
Sobre a canela, confira:
Benefícios da canela para a saúde

6) Espinafre

7) Azeite de oliva extra virgem
Sobre o azeite, confira:
Os benefícios do azeite para a saúde
Gorduras saudáveis para ganhar massa muscular

8) Salmão
Sobre o salmão, confira:
Benefícios do salmão para a saúde
12 Alimentos ricos em ômega 3

9) Caril | Curry

10) Sumo/Suco de uva Concórdia



Leitura complementar:
Como o colesterol elevado é um inimigo perigoso para a saúde do cérebro, aqui ficam alguns alimentos para baixar o colesterol ruim:
- Alimentos para baixar o colesterol ldl
- Blog do colesterol

Créditos do artigo "10 Alimentos para o cérebro": 
Imagem: feita com base em imagens grátis encontradas no Pixabay e Yandex.
Texto e lista de alimentos bons para o cérebro: baseado num artigo da CNN.
Artigo original sobre alimentos para o cérebro em inglês: CNN.

Alimentos saudáveis: Gogy Berry

Uma alimentação saudável deve ser composta por alimentos saudáveis.
O alimento saudável de hoje é "Gogy Berry".

A frutinha "Gogy Berry" é um alimento saudável que deve fazer parte de uma alimentação saudável porque é extremamente nutritiva e tem poderosos antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres ajudando assim a combater o envelhecimento precoce entre outros males.
Para ver os benefícios da frutinha "Gogy Berry" para a saúde do ser humano, confira:
- Gogy Berry e seus benefícios

A frutinha "Gogy Berry" está repleta de nutrientes importantes para a saúde e é uma excelente fonte de antioxidantes, confira a imagem:

nutrientes-gogy-berry


Curiosidades sobre a frutinha "Gogy Berry":
As bagas "Gogy Berry" são um alimento muito interessante em termos nutritivos pois a mesma quantidade de Gogy Berry possui:

- 2 vezes mais betacaroteno que a cenoura.
Leitura complementar:
- 9 Benefícios das cenouras

- 15 vezes mais ferro do que os espinafres.
Leitura complementar:
- Alimentos ricos em ferro
- O que dificulta a absorção do ferro dos alimentos
- Dica alimentar para melhorar a absorção de ferro dos alimentos

- 50 vezes mais vitamina C do que a laranja.
Leitura complementar:
- 40 Alimentos ricos em vitamina C
- 12 Benefícios da vitamina C ou ácido ascórbico
- 7 Alimentos mais ricos em vitamina C que a laranja

Confira a imagem com as curiosidades sobre "Gogy Berry":

alimento-saudavel-gogy-berry


Créditos do artigo "Alimentos saudáveis: Gogy Berry":
Imagens: Carlos Marques via email.

Alimentos saudáveis: Beterraba

alimentos-saudaveis-beterraba
A beterraba é um alimento saudável

Uma alimentação saudável deve ser composta de alimentos saudáveis e a beterraba é um desses alimentos. A beterraba é um alimento saudável que deve fazer parte de uma dieta alimentar seja ela uma dieta de emagrecimento ou não.

A beterraba pode ser consumida em saladas cruas ou saladas cozidas, em sopas e em sucos ou "shakes".

A beterraba é um alimento nutritivo, é muito rica em fibras alimentares, vitaminas e sais minerais.
Curiosidades nutritivas da beterraba:
- Meia beterraba cozida tem mais fibras alimentares que duas colheres de sopa de arroz.
- Uma beterraba cozida tem mais potássio que uma banana.
- Uma beterraba cozida tem 3x mais magnésio que uma batata cozida.



Além de ser nutritiva e de proporcionar variados benefícios para a saúde a beterraba também é pouco calórica e como tal é um alimento interessante a ter em conta para dietas de emagrecimento.
Confira: calorias da beterraba e de outros legumes

A beterraba possui a cor "vermelha arroxeada" que é resultado da pigmentação de uma substância chamada betacianina. A betacianina é um antioxidante natural que ajuda a prevenir o envelhecimento precoce (combatendo os radicais livres) e ajuda a combater e/ou prevenir alguns tipos de câncer ou cancro (em especial o câncer do cólon e dos intestinos).
A beterraba ajuda reduzir a pressão arterial e a dilatar os vasos sanguíneos, que por sua vez melhora o fluxo de sangue e a passagem de oxigénio o que é excelente para se prevenir doenças como o acidente vascular cerebral (AVC) e outras doenças relacionadas com a demência.
Consumir regularmente beterraba também ajuda a reforçar o sistema imunológico, a baixar elevados níveis de colesterol e a prevenir algumas doenças como a anemia (confira: alimentos ricos em ferro), distúrbios do fígado e do baço.



Como complemento, deixo-lhe aqui duas dicas relacionadas com beterrabas que podem ser úteis (vai aceder ao blog Util Dicas):
- Dica para cozinhar beterraba
- Dica para a beterraba não manchar a salada

Créditos:
Imagem: TinEye.
Texto: inspirado num artigo da revista francesa "Santé Naturelle".

8 Benefícios da soja

beneficios-da-soja
A soja é uma leguminosa muito nutritiva, é rica em proteínas de origem vegetal, vitaminas (A, complexo B, C e E) e sais minerais (cobre, enxofre, ferro, fósforo, mangânes, magnésio, potássio).
A soja é uma excelente opção para quem desejar aumentar a quantidade de proteínas na alimentação sem aumentar o consumo de alimentos de origem animal (ex: para se ganhar massa muscular, hipertrofia).

A soja também é uma excelente fonte de "isoflavonas".
As isoflavonas são compostos orgânicos naturais, de origem vegetal, que têm efeito estrogênico.
As isoflavonas apresentam uma semelhança estrutural com os hormônios estrogênicos, que são encontrados em maior concentração no organismo das mulheres.

Quem tem níveis elevados de colesterol e deve reduzir ou abster-se de carnes vermelhas deve ver a soja como um excelente substituto da carne vermelha. Além de ser benéfica no combate ao colesterol elevado a soja pode ser uma boa alternativa à carne vermelha pois tal como a carne a soja também é rica em proteínas. Confira: alimentos ricos em proteínas.

A soja além de ser nutritiva e de ser um interessante substituto da carne vermelha também proporciona vários benefícios para a saúde do ser humano e como tal a soja deve ser um alimento que deve integrar uma dieta alimentar seja ela uma dieta de emagrecimento ou não. Vamos então conhecer os oito importantes benefícios da soja.

8 Benefícios da soja para a saúde:
  • Ajuda a atenuar os suores nocturnos e as ondas de calor provocadas pela menopausa.
  • Ajuda a prevenir e a combater a osteoporose (o fitoestrogênio ajuda a fixar o cálcio e fortalece a estrutura óssea). Confira: 20 alimentos ricos em cálcio.
  • Ajuda a regularizar o trânsito intestinal (a soja é rica em fibras). 
  • Ajuda a prevenir e a combater o câncer ou cancro da mama, cólon e próstata.
  • Ajuda a combater o envelhecimento precoce (ajuda a combater os radicais livres).
  • Ajuda a prevenir e a combater a arteriosclerose (a isoflavona torna as artérias mais flexíveis).
  • Ajuda a combater os diabetes (as fibras da soja ajudam a regularizar os níveis de glicose no sangue).
  • Ajuda a reduzir os níveis de colesterol (aumentando os níveis do colesterol bom e diminuindo os níveis de colesterol ruim). Confira: vídeos sobre o colesterol.


Créditos do artigo "8 Benefícios da soja":
Imagem: Néosanté.
Texto: baseado no artigo da revista "Néosanté".

7 Dicas para comer menos

dicas-como-comer-menos

Como comer menos (dica n°1):
Para "comer menos" você deve comer em pratos menores do que come habitualmente.
Confira mais detalhes: Comer menos comendo em pratos menores

Como comer menos (dica n°2):
Para "comer menos" você deve comer em pratos vermelhos.
Confira mais detalhes: Comer menos comendo em pratos vermelhos
Se comer em pratos menores e em pratos vermelhos faz comer menos alimentos, o ideal é você comer em pratos vermelhos que sejam menores do que aqueles que comia normalmente.





Como comer menos (dica n°3):
Para "comer menos" você deve beber água antes das refeições (água fresca ou água com limão).
Confira mais detalhes: Dica para comer menos às refeições

Como comer menos (dica n°4):
Para "comer menos" você deve comer salada antes das refeições principais.
Confira mais detalhes: Comer menos comendo saladas

Como comer menos (dica n°5):
Para "comer menos" você deve comer sopa antes das refeições principais.
Confira mais detalhes: Comer menos comendo sopas

Como comer menos (dica n°6):
Para "comer menos" você deve comer calmamente e mastigar bem os alimentos.
Mastigando mais vezes que o normal e demorando mais tempo para ingerir os alimentos, o seu cérebro vai ter a sensação que você comeu mais alimentos do que na realidade comeu.
Confira mais detalhes: Comer menos comendo calmamente
Confira também: O estresse e a vontade de comer

Como comer menos (dica n°7):
Para "comer menos" você deve comer antes de ter fome, deve comer regularmente a cada 3 ou 4 horas.
Alimentar-se a cada 3 ou 4 horas além de ser benéfico para a saúde e ser indicado para quem deseja ter uma alimentação equilibrada também ajuda a que você coma menos alimentos nas refeições principais já que você terá pouco apetite visto que ao longo do dia foi comendo.
Claro está que você deve fazer atenção ao que come, deve ir comendo ao longo do dia alimentos saudáveis, com poucas calorias e deve diversificar de alimentos.



Imagem: Yandex images | yandex.ru

Ganhar massa muscular depois dos 30 anos

ganhar-massa-muscular-depois-30-anos


Segundo a revista francesa "Musculation Facile" o metabolismo a partir dos 30 anos pode começar a ficar mais lento e como tal o gasto de energia corporal também começa a declinar.
Um dos motivos dessa alteração é a perda de massa muscular progressiva que se inicia por volta dos 30 anos (varia de pessoa para pessoa).
Para evitar ou adiar a perda de massa muscular e consequentemente evitar que o gasto de energia corporal também baixe, deve-se praticar atividades físicas regulares que obriguem os nossos músculos a trabalharem e para isso nada melhor que a musculação, ou então outras atividades fisicas complementadas com musculação.

Como os músculos são grandes consumidores de calorias deve-se exercitar os músculos precisamente para que eles obriguem o metabolismo a gastar calorias e para que os músculos se mantenham operacionais, para evitar que a massa muscular se perca.
Se você tem mais de 30 anos pense em se exercitar regularmente e pense seriamente em fazer musculação com o objetivo de manter e/ou mesmo desenvolver os seus músculos.

Para lhe ajudar com a manutenção dos seus músculos ou mesmo para ganhar massa muscular, deixo-lhe aqui 10 links úteis relacionados com alimentos que ajudam a ganhar massa muscular:
  1. 20 Alimentos ricos em testosterona
  2. Alimentos ricos em proteínas
  3. Aveia para ganhar massa muscular
  4. Carne para ganhar massa muscular
  5. Fruta para ganhar massa muscular
  6. Gorduras saudáveis para ganhar massa muscular
  7. Legumes e verduras para ganhar massa muscular
  8. Ovos para ganhar massa muscular
  9. Peixes para ganhar massa muscular
  10. Vitamina D (benefícios para a saúde)
Créditos - Ganhar massa muscular depois dos 30 anos:
Imagem: "Musculation Facile".
Texto: baseado num artigo da revista "Musculation Facile".

Comer menos comendo saladas

comer-menos-comendo-saladas
Comer menos comendo saladas





Numa alimentação saudável e equilibrada ou mesmo numa dieta de emagrecimento algo que não pode faltar são as saladas.

As saladas são nutrientes e pouco calóricas.
As saladas são nutritivas porque são ricas em nutrientes importantes para a saúde do ser humano como vitaminas, sais minerais e fibras.
As saladas são pouco calóricas já que os seus ingredientes geralmente possuem poucas calorias (caso da alface, 2 folhas de alface , cerca de 20 gramas, têm 4 calorias, confira: calorias da alface e outras verduras).
O que torna certas saladas calóricas são os molhos que as pessoas adicionam às saladas. Para que as saladas não fiquem calóricas você deve evitar adicionar molhos já pré-confeccionados (que encontra à venda nos supermercados) e deve optar como molho de salada apenas um pouco de azeite de oliva extra virgem e vinagre de maçã (ou outro vinagre que goste mais). Em substituição do vinagre ou mesmo para variar, você pode adicionar algumas gotas de limão e/ou ainda adicionar algumas especiarias ao seu gosto.
Dicas úteis sobre azeite, vinagre e limão:
- Benefícios do azeite
- Beneficios do limão
- Beneficios do vinagre
- Benefícios e tipos de vinagre

A alface é uma verdura muito usada em saladas e ainda bem que o é porque a alface além de ter pouquissímas calorias ela proporciona benefícios para a saúde, confira:
- Benefícios da alface
- Calorias da alface e outras verduras-legumes

Dica para comer menos comendo saladas
Seja porque quer emagrecer, manter o peso, ou porque deseja simplesmente comer menos às refeições uma boa maneira é comer uma salada de verduras antes das refeições.
Acredite que é verdade, para comer menos, experimente comer sempre uma salada antes do prato principal.
A salada é uma excelente forma de você se saciar com alimentos de baixas calorias e assim quando chegar a vez de você comer os alimentos mais calóricos do prato principal você já estará parcialmente satisfeita(o) e consequentemente irá comer menos alimentos que têm mais calorias.

Para manter o interesse em comer sempre saladas antes das refeições principais, varie regularmente nos ingredientes das saladas.
Comer uma salada também pode ser uma boa ideia para substituir uma refeição mais ligeira ou um jantar ligeiro (tudo depende dos ingredientes que se adicionam à salada, ver foto no topo).



Como a alface é um ingrediente muito usado nas saladas, o Dieta Alimentar deixa-lhe aqui algumas dicas úteis sobre alface:
- Dica para cortar a alface
- Dica para saladas (alface)

Créditos - Comer menos comendo saladas:
Imagens: Yandex.
Texto: Fatinha do Dieta Alimentar, baseado num artigo da revista francesa "Quelle Santé".

Comer menos comendo calmamente

comer-menos-comendo-calmamente
Comer menos comendo calmamente

Segundo um artigo da revista francesa "Femme Actuelle" existe uma dica simples para você comer menos às refeições.
Para comer menos basta que você coma calmamente e que mastigue bem os alimentos.

Ao que parece comer calmamente mastigando bem os alimentos funciona a nível psicológico.
Mastigando mais vezes que o normal e consequentemente demorando mais tempo para ingerir os alimentos, o cérebro vai receber a "sensação" ou "informação" que você comeu mais alimentos do que na realidade comeu.



Eu sempre fui habituada e sempre comi com calma, saboreando e mastigando bem os alimentos. Como estou habituada a comer desta forma não sou capaz de dizer se esta "dica alimentar para comer menos" funciona.
Conto consigo para testar esta forma de comer e deixar um comentário testemunhando se funciona ou não. Obrigada.

+ Dicas de "como comer menos alimentos nas refeições":
Como comer menos
Comer menos comendo sopa
Dica para comer menos às refeições

Créditos do artigo "comer menos comendo calmamente":
Imagem: yandex.
Texto: Fatinha (Dieta Alimentar) baseado num artigo da revista francesa "Femme Actuelle".

Como comer menos às refeições

O jornal inglês Daily Mail publicou um artigo interessante sobre um estudo que confirma que pratos vermelhos "ajudam" ou "estimulam" a comer menos alimentos.
Se você faz uma dieta para emagrecer e/ou simplesmente deseja comer menos esta pode ser uma boa maneira de você conseguir ingerir menos alimentos às refeições.

Segundo o estudo, a cor vermelha ajuda a diminuir o apetite.
Ao que parece a cor vermelha, a nível psicológico, inibe o apetite por o vermelho estar associado a conceitos como "perigo", "pare" e "proibido".
As pessoas envolvidas no estudo não conheciam o verdadeiro objetivo do estudo/teste, elas foram somente orientadas a avaliar a qualidade dos alimentos servidos.
Na primeira parte do estudo, 41 estudantes foram incentivados a beber chá em copos com etiquetas azuis e copos com etiquetas vermelhas. Resultado, os estudantes beberam menos 44% de chá dos copos que tinham as etiquetas vermelhas.
Na segunda parte do estudo, 109 pessoas foram incentivadas a comer salgadinhos em pratos brancos, pratos azuis e em pratos vermelhos. Resultado, os salgadinhos que estavam nos pratos vermelhos foram os menos ingeridos.



como-comer-menos
Como comer menos?
Para comer menos coma num prato vermelho

Os responsáveis do estudo concluirão que:
- Comer em pratos vermelhos pode ajudar as pessoas a comerem menos e consequentemente a perderem peso.
- O servir alimentos e bebidas em pratos e copos vermelhos pode reduzir o consumo de alimentos e bebidas em aproximadamente 40%.



Outras dicas para comer menos:
Como comer menos
Comer menos comendo sopa
O stress e a vontade de comer
Dica para comer menos às refeições

Créditos do "Como comer menos às refeições":
Imagem: TinEye.
Texto: baseado num artigo do jornal britânico "Daily Mail".

O stress e a vontade de comer

stress-e-a-vontade-de-comer

Tal como eu, muita gente quando está nervosa ou com stress (estresse) fica propensa a comer e nestes casos em que os sentimentos imperam as pessoas comem alimentos calóricos, gordurosos etc.
Não é só o stress e os nervos que levam muita gente a refugiar-se na comida como forma de aliviar ou compensar os sentimentos. A ansiedade, a baixa autoestima, a solidão, a tristeza e outros sentimentos (emoções) fazem com que as pessoas utilizem a comida como forma de "conforto", como forma de alívio ou compensação dos sentimentos/emoções.

O grave deste tipo de comportamento é que você vai comer alimentos que não devia e que não precisava comer o que vai implicar um aumento de calorias e quem sabe consequentemente um futuro aumento de peso ou mesmo implicar um desvio dos objetivos predefinidos numa dieta de emagrecimento.

Não se deve cometer esse erro, as pessoas não devem nunca utilizar a comida como forma de conforto ou de alívio das emoções ou sentimentos.



Caso aconteça você estar tentado a comer, você deve controlar as suas emoções, diga para si mesmo que você está nervosa(o) e não tem fome e como não é fome que tem você não vai comer.
Se vir que não está a funcionar e que você se sente impulsionada(o) a comer, não coma. Tente sair do local onde tem acesso à comida e faça atividades físicas, vá correr, caminhar, faça algum exercício físico que lhe agrade. Assim você conseguirá evitar comer e ainda estará a queimar calorias.

Se por algum motivo você não resistir, faça atenção ao que come, coma alimentos saudáveis e que tenham poucas calorias como por exemplo uma peça de fruta (confira aqui: calorias da fruta). Outras alternativas/sugestões seria beber um copo de água fria, água com limão, chá verde sem açúcar ou mesmo um café (atenção à cafeína do chá e do café). Links úteis:
- Calorias da fruta
- Beneficios da água
- Calorias da água
- Benefícios do café
- Calorias do café
- Benefícios do chá verde
- Desintoxicar o organismo bebendo água com limão

Evite a todo o custo compensar os sentimentos comendo sorvetes, bolos, biscoitos, chocolates e outros doces bem como alimentos gordurosos como batatas fritas de saco, etc.

Caso lhe tenha acontecido não resistir, por várias vezes, aos impulsos de comer quando está emocionalmente frágil pense em visitar um médico e pense em fazer psicoterapia.
Fazer psicoterapia é importante para que você aprenda a comer quando tem fome e não quando lhe aparece a vontade de comer.

Comece a partir de agora a ter um bom controlo sobre seus sentimentos e emoções, seguindo uma alimentação saudável e praticando atividades físicas, no futuro verá que compensa agir desta forma.


Leitura complementar:
- Dica para comer menos
- Como comer menos comendo sopa

Créditos - O stress e a vontade de comer:
Imagem: TinEye.
Texto: baseado num artigo da revista "Santé Revue".

Tratamento natural para queda de cabelo

tratamento-para-queda-de-cabelo

Tratamento natural para queda de cabelo

Seja "queda de cabelo masculino" ou seja "queda de cabelo feminino", ambos os casos afetam psicologicamente as pessoas visadas.
A queda de cabelo (calvície) é algo que transtorna psicologicamente porque a mudança de aparência é radical e é difícil de ser aceite.

Queda de cabelo, o que fazer?
Segundo a revista "Natural Health" existe um tratamento natural (receita caseira) que combate eficazmente a calvície, nos casos em que a queda de cabelo é originada pelo excesso de oleosidade do cabelo e do couro cabeludo, pelo stress (estresse), poluição, etc.
Segundo a revista, este tratamento natural para queda de cabelo só não funciona nos casos em que a queda de cabelo é de origem hereditária.

Esta receita caseira para queda de cabelo é feita com limão, cebola, alho e azeite de oliva, ingredientes que geralmente as pessoas têm em casa e que não são caros. Vamos então conhecer esta receita caseira para queda de cabelo.



Tratamento para queda de cabelo

Ingredientes da receita caseira para queda de cabelo:
- 1 limão pequeno (benefícios do limão)
- 1 cebola pequena (benefícios da cebola)
- 2 dentes de alho (benefícios do alho)
- 2 colheres de sopa de azeite de oliva (benefícios do azeite).

Como fazer a receita caseira para queda de cabelo:
- Ralar a cebola.
- Espremer o sumo/suco do limão.
- Macerar muito bem os 2 dentes de alho.
- Misturar bem o suco do limão, a cebola ralada e os dentes de alho macerados.

Como aplicar o tratamento natural para a queda do cabelo:
- Friccionar bem o "tratamento para queda de cabelos" no couro cabeludo para ativar a circulação e fazer com que o produto penetre no couro cabeludo e raiz do cabelo.
- Cobrir o couro cabeludo por causa do cheiro/odor e para que o "tratamento para queda de cabelos" atue durante toda a noite.
- Ao acordar, lavar a cabeça normalmente ou com um shampoo para queda de cabelo.



Leitura complementar relacionada com cabelos:
- 20 Alimentos para ter um cabelo saudável e bonito.

Créditos do artigo "tratamento natural para queda de cabelo":
Imagem: Natural Health.
Texto: baseado num artigo publicado na revista "Natural Health".

10 Alimentos saudáveis

10-alimentos-saudaveis
Para ter uma alimentação saudável você deve comer alimentos saudáveis, alimentos nutritivos que proporcionem benefícios para a saúde.
Sobre alimentação saudável leia:
10 Regras para ter uma alimentação saudável
15 Dicas essenciais para uma alimentação saudável
Atitudes básicas para uma alimentação saudável

Sobre alimentos saudáveis, a revista inglesa "Natural Health" publicou um artigo com uma lista de 10 alimentos saudáveis que, obrigatoriamente, devem fazer parte de uma alimentação saudável.
Citação traduzida do artigo da "Natural Health":
Se quer ser saudável tome nota dos dez alimentos que devem sempre estar sempre em sua mesa de jantar.
Vamos então conhecer os 10 alimentos saudáveis que devem sempre estar presentes na sua alimentação para que você seja saudável.

10 Alimentos saudáveis:

Aveia
A aveia além de "limpar" os vasos sanguíneos, previne e trata doenças do estômago e dos intestinos. A aveia contém fibras e carboidratos lentos que ajudam a saciar a fome ou apetite.
Sobre a aveia, confira:
8 benefícios da aveia para a saúde
Aveia para ganhar massa muscular

Azeite de oliva extra virgem
O azeite contém uma grande quantidade de vitamina E que está envolvida na assimilação da vitamina A e da vitamina C.
O azeite de oliva ajuda a rejuvenescer o corpo e ajuda a diminuir o colesterol ruim e a aumentar o bom colesterol.
Sobre azeite de oliva, confira:
Os benefícios do azeite para a saúde
Gorduras saudáveis para ganhar massa muscular

Bananas
As bananas têm uma grande quantidade de potássio que ajuda os músculos a ficarem mais fortes (desenvolvimento da massa muscular, hipertrofia). Além disso, a banana tem efeitos benéficos sobre o coração e reduz o risco de acidentes vasculares cerebrais.
Leitura complementar sobre bananas e massa muscular:
Benefícios da banana para a saúde
Aveia para ganhar massa muscular
Carne para ganhar massa muscular
Fruta para ganhar massa muscular
Ovos para ganhar massa muscular
Peixes para ganhar massa muscular



Cenouras
A cenoura contém grandes quantidades de beta-caroteno.
O beta-caroteno ajuda a melhorar a visão e a reduzir o risco de câncer ou cancro.

Espinafres
Os espinafres são muito nutritivos, os espinafres têm uma grande quantidade de proteínas, vitamina A, vitamina C, vitamina K, ferro e antioxidantes que combatem o envelhecimento precoce.
Os espinafres também "ajudam" a aumentar a massa muscular.
Leia também: Legumes e verduras para ganhar massa muscular

Iogurte
O iogurte contém grandes quantidades de cálcio e probióticos que aumentam o sistema imunológico e melhoram a digestão.
O iogurte é uma ótima maneira de ter uma refeição ligeira ou mesmo um lanche entre as refeições.

Maçãs
Por algum motivo existe o ditado popular que diz "one apple a day keeps the doctor away".
A maçã ajuda a reduzir os níveis de colesterol, a retardar o crescimento de células cancerosas entre outros benefícios para a saúde.
Sobre maçã e colesterol, confira:
Os benefícios da maçã para a saúde
Alimentos para baixar o colesterol

Mel
O mel fortalece o sistema imunológico e é uma excelente fonte de energia.
O mel é um excelente substituto do açúcar refinado.
Sobre o mel, confira:
Os benefícios do mel para a saúde

Mirtilos
Os mirtilos ajudam a retardar o processo de envelhecimento do corpo e ajudam a melhorar a visão.

Salmão
O salmão tem uma grande quantidade de gordura saudável (ômega-3) que ajuda a diminuir o colesterol ruim e a aumentar o bom colesterol.
O salmão também ajuda a proteger contra o câncer ou cancro entre outros benefícios para a saúde do ser humano.
Sobre salmão e colesterol, confira:
Benefícios do salmão para a saúde
12 Alimentos ricos em ômega 3



Créditos do artigo 10 Alimentos saudáveis:
Texto: Rui (Dieta Alimentar), baseado num artigo publicado na revista "Natural Health".
Imagem: Dieta Alimentar.
Imagem feita a partir de imagens sem direitos de autor, "free images": "stockfreeimages", "freeimages" e "pixabay".

Comer menos comendo sopa

comer-menos-comendo-sopa

Claro que tudo depende dos ingredientes mas geralmente as sopas são nutritivas e pouco calóricas.
As sopas devem fazer parte de uma dieta saudável e equilibrada bem como de uma dieta de emagrecimento, precisamente por serem nutritivas e pouco calóricas.
Como as sopas levam legumes e verduras, confira aqui as calorias:
- Calorias dos legumes e verduras

As sopas "trituradas" também são uma boa maneira de fazer as crianças (ou pessoas que não gostam de legumes) comerem os legumes e vegetais que elas não gostam. A unica forma que eu encontrei para fazer a minha filha comer legumes foi triturar a sopa.
Uma sopa também pode ser uma boa ideia para substituir uma refeição mais ligeira ou um jantar ligeiro já que o jantar convém ser mais leve que o almoço.


Rolls e seus colaboradores, em 1999, efetuaram um estudo sobre a sopa.
Rolls chegou à conclusão que (passo a citar):
"A sopa provoca o dobro de saciedade de qualquer outro alimento."
"O grande volume de líquido enche o estômago. Além disso, uma sopa rica em nutrientes leva tempo a digerir mantendo a pessoa saciada" (fim de citação).
Dica para comer menos comendo sopa:
Seja porque quer emagrecer, manter o peso, ou porque simplesmente deseja comer menos às refeições uma boa maneira é comer uma sopa antes de cada refeição principal.
A sopa é uma boa forma de você se saciar com alimentos de baixas calorias para quando chegar a vez de comer os alimentos mais calóricos do prato principal você estar parcialmente satisfeita(o) e consequentemente comer menos alimentos que têm mais calorias e/ou gorduras.
A sopa sacia (tira a fome) devido ao seu volume, à quantidade de água e fibras que contém.

Experimente e depois testemunhe se esta dica funciona ou não consigo.



+ Dicas de "como comer menos alimentos nas refeições":
Como comer menos
Dica para comer menos às refeições

Créditos do artigo "Comer menos comendo sopa":
Imagem: revista francesa "Néo Santé".
Texto e citação: baseado num artigo da revista francesa "Néo Santé" e revista inglesa reader's digest.

Encontre o que procura de forma fácil (Pesquisa personalizada):